Acesso Associados       Contato
 
Notícias

Governo federal homenageia 12 médicos por serviços prestados à saúde

O Governo Federal entregou na terça-feira (17/10), a 12 médicos, condecorações da Ordem do Mérito Médico, honraria concedida a profissionais que prestaram serviços notáveis na área médica ao Brasil. A homenagem marca a semana em que se comemora o Dia do Médico. A cerimônia ocorreu no Palácio do Planalto onde os profissionais receberam do Presidente da República, Michel Temer, condecorações nas classes: Grande-Oficial e Comendador. A Ordem do Mérito Médico foi criada em 1950 e é concedida após convite do Ministro da Saúde.

O anúncio é feito por meio de decreto assinado pelo Presidente da República e publicado no Diário Oficial da União. Durante a solenidade, o Presidente Michel Temer, ressaltou a diversidade dos condecorados. “Vejo que esta representação, formatada pelo ministro, foi muito adequada. É um reconhecimento às várias atuações do médico, que exerce um verdadeiro sacerdócio, levando às famílias a esperança da recuperação. Quero agradecer ao ministro Ricardo Barros, não só pelo trabalho à frente da Pasta, mas, particularmente, por cerimônias como essas que reverencia à meritrocacia”, enfatizou o presidente Michel Temer. 

Os doze médicos receberam a condecoração por terem se destacado no decorrer do exercício da profissão, seja no setor público e/ou privado; no magistério da medicina ou ainda com obras relevantes aos estudos médicos. “Amanhã é dia do médico, e agradeço ao Presidente Temer pela decisão de homenagear esses profissionais, com o nosso efetivo reconhecimento de quem quer fazer gestão para dar aos médicos e aos demais profissionais da saúde as melhores condições de equipamentos, insumos e instalações para que possam prestar a melhor qualidade de saúde a todos os brasileiros”, ressaltou o ministro da Saúde. O ministro lembrou que a medicina se faz por um conjunto de profissionais.

Na cerimônia de entrega, quatro, dos doze médicos, foram escolhidos para representar o grupo de homenageados. Ao agradecer a homenagem, a médica, Carmen Luiza Correa Fernandes, ressaltou a importância da atenção básica na resolução dos problemas de saúde da população. “Nós, que acreditamos na atenção básica, que é a porta de entrada no SUS, sendo responsável pela mudança dos indicadores de saúde na atenção primária. Agradeço essa homenagem e amplio a todos que trabalham com essa área”, afirmou.

A diversidade do grupo de homenageados foi exaltada pelo médico Raul Cutait. “Representamos as varias facetas da saúde, do comprometimento dos médicos com a saúde. Somos indivíduos que, em cada área de atuação, procuram dar o melhor de si, mas lembro que, tem uma equipe grande que trabalha junto pela nossa missão”, destacou.

Ao agradecer a homenagem, a médica Vanessa Van Der Linden Mota, uma das pioneiras na identificação do surto de bebês com microcefalia no Nordeste, afirmou que a medicina é um trabalho coletivo. “Medicina não é um trabalho só, mas de equipe, então, quando estamos aqui, estamos representando toda uma equipe que exerce a profissão com amor, com dedicação. Nesse momento, agradeço o reconhecimento pelo trabalho que estamos desenvolvendo há dois anos”, declarou a médica.

O Presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Carlos Vital, enfatizou a função do médico. “Quero reiterar que o exercício medicina é um exercício da cidadania em tempo integral. Neste momento nacional, tenham certeza que os médicos brasileiros contribuirão com a reconstrução do novo Brasil com afinco, para termos um futuro melhor às nossas gerações”, afirmou o presidente do CFM.

Desde 2004, já foram concedidas 63 medalhas da Ordem para nomes como Adib Jatene, Dráuzio Varela, Zilda Arns, Sérgio Arouca, José Gomes Temporão, Darcy Fontoura de Almeida, Gastão Vagner de Souza Campos e, no ano passado, em homenagem póstuma, o acadêmico e cirurgião plástico, Ivo Pitanguy.

Os homenageados

Sete médicos foram homenageados com a honraria de classe Grande-Oficial: Carlos Vital Tavares Corrêa Lima, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM); Florentino de Araújo Cardoso Filho, presidente da Associação Médica Brasileira (AMB); Márcio José de Almeida, pesquisador da Rede de Pesquisa em Saúde dos Servidores da Secretaria em Londrina; Maria Inês Pordeus Gadelha, membro da Câmara Técnica de Oncologia do Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj); Mônica Almeida Neri, diretora-geral da Maternidade Climério de Oliveira, da Universidade Federal da Bahia; Raul Cutait, membro da Academia Nacional de Medicina; e Vanessa Van Der Linden, pesquisadora na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Outros cinco médicos receberam a honraria de classe Comendador: Aureo Augusto Caribé, médico da Unidade de Saúde da Família no povoado de Vale do Capão, na Bahia; Carmen Luiza Correa, médica de equipe de Saúde da Família em Porto Alegre; Elisabeto Ribeiro Gonçalves, oftalmologista no Instituto de Olhos de Belo Horizonte; José Enio Servilha Duarte, presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de São Paulo (Cosems-SP); e Sildo Gonzaga Tomaz, médico indígena do DSEI Alto Rio Solimões, em Tabatinga (AM).

 

Confira aqui quem são os homenageados deste ano.

Fonte: Agência Saúde

Voltar

FEHOSPAR
Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviço de Saúde no Estado do Paraná

R. Augusto Stresser, 600 - Curitiba - PR - CEP: 80030-340
Fone: (41) 3254-1772 - e-mail: fehospar@fehospar.com.br

Copyright Fehospar © Todos os Direito Reservados.

hidea.com

Facebook