Acesso Associados       Contato
 
Notícias

Casos de dengue aumentam em quase 5.000% em relação ao ano passado

O boletim semanal divulgado dia 21 de janeiro pela Secretaria da Saúde do Paraná registra 7.618 casos confirmados de dengue no Estado; 1.550 a mais que a publicação anterior, que somava 6.068. O aumento desta semana corresponde a 25,54%.

Quando a comparação é feita em relação ao mesmo período, no ano de 2019, este aumento chega a 4.846%.

“O Paraná está combatendo a dengue com o envolvimento dos órgãos e secretarias do Governo do Estado, por meio do Comitê Intersetorial, que neste momento desenvolve ações em todos os municípios”, informou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. “São atividades de orientação sobre as medidas preventivas para a dengue e de remoção técnica dos criadouros do mosquito transmissor da doença; sabemos que a eliminação dos criadouros é a forma mais eficaz de se reduzir os casos de dengue e contamos com a participação da população neste combate. A dengue mata e cerca de 80% dos focos da doença estão nos domicílios”, explicou.

Ainda pela manhã, na reunião semanal do secretariado, o panorama da dengue foi apresentado ao governador Carlos Massa Ratinho Junior. No total, já são 24 municípios em epidemia; Bandeirantes, na região Norte, e Ivaiporã, no Vale do Ivaí, entraram para a relação nesta semana. Os outros municípios que já atingiram este patamar são: Braganey, Juranda, Nova Cantu, Peabiru, Quinta do Sol, Douradina, Diamante do Norte, Guiraçá, Inajá, Paraíso do Norte, Paranavaí, Santa Isabel do Ivaí, Tamboara, Ângulo, Colorado, Doutor Camargo, Floraí, Paranacity. Uniflor, Florestópolis, Sertaneja, Guairá.

Em situação de alerta para dengue estão mais 27 municípios, que juntos somam 990 casos autóctones nesta semana epidemiológica.

Apresentam casos de dengue grave, com pacientes em tratamento, os municípios de Paranaguá, Foz do Iguaçu, Nova Cantu, Quinta do Sol, Cianorte, Colorado, Santa Fé, Florestópolis, Ibiporã, Londrina, Porecatu, Cornélio Procópio e Sertaneja.

As cidades com maior número de casos confirmados são: Inajá, com 577; Nova Cantu, com 569; Paranavaí, com 549, e Quinta do Sol, com 440.

Gabinetes de crise – Amanhã, o Comitê Intersetorial da Dengue no Paraná promove videoconferência sobre a instalação e o funcionamento de gabinetes em situação de emergência. Será na sede da Sesa, com transmissão para as 22 Regionais de Saúde Estado, que convidaram prefeitos e representantes de órgãos públicos e da sociedade civil para o encontro. O capitão Romero Nunes da Silva Filho, comandante da Defesa Civil do Paraná, vai abordar o tema, com informações sobre quando e como os municípios devem decretar situação de emergência.

Fonte: Secretaria da Saúde do Paraná

 

 

Voltar

FEHOSPAR
Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviço de Saúde no Estado do Paraná

Rua Augusto Stresser, 590 - Juvevê - Curitiba - Paraná – CEP 80.040-310
Fone: (41) 3254-1772 - e-mail: fehospar@fehospar.com.br

Copyright Fehospar © Todos os Direito Reservados.

hidea.com

Facebook